quinta-feira, agosto 5

Agora e depois e depois e depois.....e depois?

Tudo começa com um estalo, um clique como se tudo se encaixasse, como se o vento parasse o tempo parasse, até a terra porque você percebe que em uma fração de segundos você conseguiu pensar à frente, imaginando que seria seu proximo pensamento.
Uma gama imensa de possibilidades, todas tão irreais quanto possíveis, o céu poderia entrar em chamas;sua pele poderia virar marshmallow  ou o chão podia ser feito de penas brancas, mas de todas essas possibilidades apenas uma pode se resolver. Afinal se o céu for azul ele não pode ser rosa-choque.
Quando se joga uma moeda pro alto é possivel que ela caia de pé, mas a chance é bem pequena, mas antes que ela caia é completamente impossível dizer se ela vai cair cara ou coroa ou de pé ou se desintegrar no ar e virar um monte de pó.
Antes de se tomar qualquer ação, não tem como se saber o que resultara dela exatamente a menos que se tenha tentado aquilo para ver a consequência.É quase inacreditavel pensar que dentro de um único dia  existe tempo o suficiente para que muitas ações sejam tomadas tornando basicamente impossivel prever o final exato de qualquer evento seja ele qual for que você esteja analisando.
Quando se trata de pessoas existe um fator caótico que é a vontade, o livre-arbítrio, é o desejo do ser de fazer alguma determinada coisa.Por exemplo: Dois amigos se encontram na praça de muito tempo e um se cumprimenta dizendo: "Até onde vamos?", porque eles podem tomar qualquer rumo de qualquer conversa que eles desejarem, então podem entrar em tópicos dificeis como fisica quantica ou simples como o cotidiano.
Depois disso o resto é historia,no final uma cortina vermelha de veludo cai e tudo continua como se nada tivesse acontecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário