segunda-feira, setembro 13

A Grande piada.

[Um homem entra no consultório muito triste e confessa estar deprimido...]
O que representa o riso?O riso é a forma mais simples e sincera de se manifestar felicidade, do riso vem muita coisa, vem a sensação de se estar a vontade, aquela memória de um riso inocente da criança e é desse contato com a criança interior que nasce o palhaço.
O palhaço é apenas uma pessoa com uma mascara vermelha no nariz, mas ao mesmo tempo é tão diferente do usual tão distante do cotidiano, que é risível a chance de que ele conseguisse se adaptar a um mundo como o nosso.O arlequim é o exagero do cômico, beira o chato, mas ao mesmo tempo é impossível gritar com um palhaço enquanto ele faz uma brincadeira, seja qual for.
Além de tudo o bufão é uma criança, é um adulto que finge ser criança e que para isso toma da platéia toda a atenção fazendo do Riso uma onda que passa por todos banhando-os com felicidade e descontração.
O mascarado mostra pro mundo aquilo que o ator de dentro dele gostaria de mostrar, ou seja é a crítica ao cotidiano, ao porque das coisas serem como são, o bufão não é só aquele que ri de tudo, é o que faz os outros rirem,rirem da situação ou do ridículo, afinal uma pessoa se dignando a usar um traje muito fora do padrão, absurdamente exclamativo, fazendo diversas coisas sem sentido apenas para a diversão alheia.
Os zombeteiros são tão importantes no nosso mundo, que até em hospitais eles criam uma mística dos doutores da alegria, é provado que ao esquecerem suas enfermidades os doentes se recuperam mais rápido, seja por auto sugestão ou não, o efeito placebo sempre foi funcional.
O folião é uma pessoa que percebe que o ridículo não existe, e que mostra para os outros para que também possam entender que todos somos palhaços, afinal os que presenciam a cena sabem que dentro da fantasia existe uma pessoa que talvez não tenha nada a ver com aquela forma cômica, por assim dizer e portanto aprendem que não existe mal nenhum no que antes era quase impensável.
[...e o médico respondeu: "Já sei o que pode fazer, tire um dia de folga, e vá até o circo da cidade, lá tem um palhaço chamado Pagliacci, o maior palhaço do mundo, ele o fará rir com certeza!", exclamou o médico convicto, então o paciente respondeu com um pesar na voz: "Mas doutor, eu sou o pagliacci...]

Depois disso, ótima piada todos riem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário