sexta-feira, outubro 29

Caminh'antes

Calado sigo, andarilho
De costas para o passado
E do lado do trilho

Olhai o arranjo das letras do campo

    Olho pra dentro e mim vejo um mundo de possibilidades e infindaveis potenciais.Olho para o outro e vejo outro mundo completamente diferente do meu, vejo em cada um uma infinidade de possibilidades que me escaparam pelos dedos, que eu mesmo doei ao próximo de bom grado e de oportunidades que me foram escondidas, assim como lhe foram escondidas algumas.
    No fundo dos olhos é que se vê o pesar das decisões mal tomadas, dos dias e das noites de insonia, dos cigarros podres que se fumou, das conversas mal acabadas e das dores que passaram mas um osso quebrado nunca mais fica igual o original.
    Das bocas juntas se forma a espuma, das mãos espalmadas juntas a oração mas dos olhares que se cruzam nascem sentimentos, frases, amores, até mesmo faíscas. Dos olhos vem a compreensão do mundo do outro, dos ponto de vista do outro os olhos são o que mostram pro cérebro como é o mundo

quinta-feira, outubro 28

Por um triz

Lembro da brasa que me queimou,
Do ferro quente que me marcou
Da tatuagem deixada pela cicatriz,
Da vida que vivo, por um triz
Saudade do tempo que passou,
E acaba, do mesmo jeito que começou

quarta-feira, outubro 20

Aquilo

Depois daquilo ter acontecido,
Não há fogo que me esquente,
Meus pés doloridos pelo caminho percorrido
Não há comida que me alimente,
Nem abraço que me console,
Do pó ao pó, das cinzas as cinzas
Do beijo ao escarro, nada que me revolte
Não carrego dentro de mim nem luz nem trevas,
Não conto mágoas, nem rogo pragas
Aquilo que importa é apenas sinceridade.

segunda-feira, outubro 18

Funções

    Cada indivíduo que nasce tem de passar um certo tempo aqui neste canto do universo, todos nós temos duas funções nesse mundo, uma função pessoal, de sentir e descobrir, e a função de expressar sentimentos e divulgar as conclusões que se tiraram das experiências.
     A pessoal, é ininterrupta, não pode ser interrompida nunca, sempre se sente, em paz, triste, feliz, enfurecido com dor de cabeça.O sentir é um dos verbos mais utilizados, mesmo que escondido indiretamente empregado ou facultativamente excluido.
      A segunda é muito importante, afinal além de nos esquecermos, as vezes esquecemos de expressar o que sentimos ou de dividir a hóstia do conhecimento com o próximo, algumas pessoas tentam diminuir ou silenciar o que lhe é de direito, que é expressar o que sua mente tem para oferecer para o mundo.
     Com todas as letras, o ser humano sem dúvida é unico, cada um desses auto proclamantes homo que axa que sapiens, e nenhum outro tem o direito de silenciar uma boca, seja por ela dizer demais, afinal não se pode dizer muito, apenas ter-se muito pra falar.



Depois,uma cortina vermelha de veludo cai e tudo continua como se nada tivesse acontecido.

Malabarismo

Joga o tempo, voa minuto
Cai a noite, vira dia
Gira o mundo e cai no chão.

Depois,uma cortina vermelha de veludo cai e tudo continua como se nada tivesse acontecido.

sábado, outubro 9

Chá de se ler

poesia de xícara
dois dedos de prosa,
um gole de leite
e um cubo de açúcar pra adoçar.