segunda-feira, janeiro 31

O grande assunto

Como um dente de leão
Delicado e lindo
O assunto segue único
Feito de mentes em uníssono
Mas com um comentário mal feito

Um vento implacável
Erro imperdoável
Todas as sementes dispersam
Cada uma pro seu destino
Perdidas nas brisas internas

Maldita frase mal dita
Mata o frágil assunto
Cria um silencio desgraçado
Mas que renova e recria
Novo assunto, dente de leão de novo

Até que venha outro vento
Se dispersem os integrantes
Retirem-se do cabo do assunto
Pra pensar, voar sozinhos
Procurando um chão confortável

Pra novamente recomeçar
Desse modo recriar a flor toda
Tão peculiar e unica
Carregada de novas delicadezas
Miúdas fragilidades, pequenas frases

Nenhum comentário:

Postar um comentário