quinta-feira, janeiro 27

O rancho poético de Prado

Dedicada como um poeta,
a galinha voa de asa aberta.
Mas não consegue.
Certo como um profeta,
o galo a plenos pulmões grita:
"É mais um dia que segue"

Nenhum comentário:

Postar um comentário